Emissão de Boletos e Comunicação com Banco
10 min
Criado por: Marcel V. F. em: 21/01/2019 14:47

Nesse artigo, iremos explicar como Emitir Boletos e fazer a Comunicação com o Banco no sistema NotaJá.

 

No NotaJá é possível fazer a emissão de Boletos de alguns bancos (Itaú, Bradesco, Santander, Banco do Brasil e Caixa Econômica), para isso primeiro é necessário solicitar a liberação de emissão de boletos em outro software com seu banco, e também fazer o cadastro de conta corrente no sistema (essas informações, o usuário deve verificar com o banco emissor).

Para fazer esse cadastro basta verificar o Manual de Cadastro de Contas Correntes.

Após o cadastro da Conta Corrente, conforme as informações do seu banco e liberação para emissão de boletos em outro sistema, deve ser feito cinco boletos de teste, para envio ao banco, para que o banco faça a análise, se os boletos enviados estão de acordo com as normas do seu banco. Para isso devemos fazer o lançamento manual de cinco boletos, acessando: Contas à Receber / Emissão de Boletos.

Nesta tela devemos clicar do lado esquerdo no botão “Novo Lançamento”.

Após clicar em Novo Lançamento, o sistema vai direcionar aos Dados de Identificação do Título, em que deve ser informado obrigatoriamente os campos “CNPJ / CPF / Cód. Cliente”, “Nome / Razão Social do Cliente” e “Data de Emissão”. Caso deseje vincular esses boletos à uma nota fiscal, basta informar os campos “Nota Fiscal”, “Espécie” e “Série”.

Após o preenchimento dos “Dados de Identificação do Título”, o próximo passo são os “Dados do Lançamento”, fazendo o preenchimento obrigatório dos campos “Valor do Título”, “Valor Líquido”, “Data de Lançamento”, “Banco”, “Agência”, “Conta Corrente”, “Carteira”, “Nosso Número” e “Data de Emissão”. Caso para o seu boleto seja necessário “Valor de ISS”, “Valor de INSS”, “Valor de PIS”, “Valor de COFINS”, “Valor de CSLL”, “Valor de IRRF” e “Outras Retenções”, basta informar no respectivo campo.

Ainda em “Dados do Lançamento”, temos dois campos, “Observações”, para deixar alguma informação que aparecerá apenas na tela desse lançamento e “Instruções”, para que apareça alguma informação nas instruções do boleto, podendo ser % Juros / Dia, % multa, quantidade de dias para protesto ou outras informações.

Depois disso só clicar em “Emitir Boleto”.

Com isso abrirá uma tela informando que os dados serão salvos para emissão do boleto, se estiver tudo certo, clique em “Sim”.

Após isso aparecerá a visualização do boleto, ao fechar esta tela de visualização aparecerá uma pergunta em tela se deseja exportar o documento em PDF, caso queira clique “Sim”, ou caso contrário clique em “Não”

Depois disso devemos fazer mais quatro emissões de boletos, que são os testes solicitados pelos bancos. Ao emitir os cinco boletos, devemos gerar o arquivo que será encaminhado ao banco, para isso devemos acessar: Contas à Receber > Comunicação com Banco > Geração da Cobrança Bancária (CNAB).

Com isso abrirá a tela de Geração de Cobrança Bancária (CNAB).

Nesta tela devemos informar primeiro os Dados do Banco, informando os campos “Banco”, “Agência” e “Conta Corrente”.

Em seguida devemos escolher o Caminho para a Gravação do Arquivo, clicando no botão do ícone da “Pastinha Amarela”.

Clicando na “Pastinha Amarela”, abrirá uma tela em que basta selecionar o local de gravação do arquivo e clicar em “OK”.

Após a escolha do local de gravação do arquivo, devemos Filtrar os Lançamentos para Geração do Arquivo, para isso basta clicar no botão “Clique para selecionar os títulos que irão compor o arquivo”.

Clicando no botão de seleção dos títulos, irá aparecer uma tela, em que devemos futilizar os filtros “Data de Lançamento do Título”, “CNPJ / CPF / Cód. Cliente”, para localizar os títulos de maneira mais fácil., preenchendo os campos, basta clicar no botão do “Binóculos” para pesquisar.                                                                *OBS: Caso deseje, pode marcar a “Opção Extra”, que irá mostrar os boletos já registrados também.

Depois de filtrado e pesquisado, os títulos irão aparecer no campo abaixo, bastando marcar os que deseja que componham o arquivo CNAB.         *OBS: Caso deseje pode usar a opção “Marcar / Desmarcar todos títulos filtrados”, para marcar ou desmarcar todos os títulos localizados.

Após selecionar todos os títulos desejados, basta clicar no botão “Fechar Seleção de Títulos”.

Clicando em “Fechar Seleção de Títulos”, voltará a tela anterior, em que agora só será necessário preencher as “Informações Adicionais para Processamento do Arquivo”, em que o campo de “Data de Geração” vêm automático a data do próprio dia, mas é possível editar, os campos de “% Juros / Dia, “% Multa” e “Qtde. Dias Vcto. /Prot.” serão trazidos automaticamente do Cadastro de Conta Corrente, mas também podem ser editados, além desses campos, temos o campo “Aceite” que vêm automático como Não Aceite, mas também possível de ser editado, o campo “Espécie”, que é Duplicata Mercantil e o campo “Instruções”, em que podem ser informadas duas instruções que irão no arquivo CNAB.

Após o preenchimento de todos os campos, basta clicar em “Gerar Arquivo” e o arquivo será gerado no local escolhido.

Depois de gerado o arquivo, basta enviar o mesmo ao seu banco da forma que lhe informaram, seja por site, ou pelo aplicativo do banco, após o envio será necessário aguardar o arquivo de retorno do banco que geralmente é gerado na manhã do dia seguinte a que foi enviado ao banco.

 

Devemos importar o arquivo de retorno do banco, para isso podemos acessar: Contas à Receber > Comunicação com o Banco > Retorno de Cobrança Bancária (CNAB).

Com isso abrirá a tela de Retorno de Cobrança Bancária (CNAB).

Nesta tela devemos informar primeiro os Dados do Banco, que estão vinculados ao arquivo que será importado, informando os campos “Banco”, “Agência” e “Conta Corrente”.

Em seguida devemos selecionar o local em que está o Arquivo CNAB que será importado, para isso basta clicar no botão do ícone da “Pastinha Amarela”.

Clicando na “Pastinha Amarela”, abrirá uma tela em que basta selecionar o local em que está o arquivo e clicar em “OK”.

Após o preenchimento dos Dados do Banco e a escolha do Arquivo de Retorno, basta clicar em “Gerar Arquivo” e o arquivo será importado para o sistema.

Após a importação do arquivo, será retornado ao sistema a informação de “Data do Registro do Banco”, e no lançamento deste boleto em Contas à Receber > Lançamentos / Emissão de Boletos aparecerá essa informação no lançamento desse boleto, no campo “Data Reg. Banco”.

Esse processo irá ocorrer com os primeiros arquivos de retorno do banco, pois conforme os boletos forem sido pagos pelos clientes, o arquivo de retorno do banco trará também a informação dos “Dados do Pagamento do Título”, fazendo com que o Status do lançamento passe a ser “Baixado” e não mais “Em Aberto” como era antes, e com isso este lançamento não aparecerá mais em Contas à Receber > Lançamentos / Emissão de Boletos, agora esse lançamento aparecerá apenas caso deseje estornar esses títulos, para fazer isso, basta verificar o Manual de Estorno de Títulos.

O que você achou deste artigo?
Últimos artigos visitados