Importação de XML de Nota de Entrada
7 min
Criado por Marcel V. F. em 17/01/2019 14:37
Atualizado por Vitor em 31/07/2019 10:11

Nesse artigo, iremos explicar como realizar a Importação de XML de Notas de Entrada no sistema NotaJá.

 

Para fazer a importação de uma nota de entrada, primeiro devemos estar com o XML da nota, caso tenha feito o download da nota de entrada, ou pegou o XML com seu, em seguida acesse: Notas Fiscais > Importar Notas Fiscais (TXT /XML).

A tela do Importador irá abrir, basta selecionar a opção em Importação > Importar Arquivo XML – Nfe / NFCe (e Cadastros).

Após selecionar a opção de Importar Arquivo XML – Nfe /NFCe (e Cadastros), uma tela de importação

irá aparecer.

O primeiro passo é indicar o caminho para o local dos arquivos, clicando no ícone de pasta ao lado do campo “Caminho”.

Clicando no botão da “Pastinha”, abrirá uma tela, em que deve procurar o local em que estão os arquivos XML.

Se fez o download da nota de entrada no sistema, se usar o sistema em apenas uma máquina,  o XML estará em C:/NFE/XmlDestinatarios, depois na pasta com o número do CNPJ de sua empresa, após isso na pasta com o ano de emissão da nota, depois na pasta com o mês de emissão da nota e por fim o tipo da nota, que no caso é NFE – Entrada.

Caso use o sistema em mais de uma máquina estará em N:/NFE/XmlDestinatarios, depois na pasta com o número do CNPJ de sua empresa, após isso na pasta com o ano de emissão da nota, depois na pasta com o mês de emissão da nota e por fim o tipo da nota, que no caso é NFE – Entrada.

Caso seu arquivo esteja em subpastas, por exemplo, seu arquivo XML esteja numa pasta na Área de Trabalho, com o nome “NFE Entrada”, dentro de uma pasta com o mês de emissão da mesma, para isso selecione o diretório que contém essa pasta de todos os XMLs, depois clique na opção ”Listar Arquivos em Subdiretórios” e em seguida, clique no botão “Carregar Grid” ao lado.

Após isso selecione a empresa emissora de notas para a qual deseja importar o XML.

Depois defina os parâmetros das notas, se deseja que elas integrem o Controle de Estoque e o Controle Financeiro.

Depois disso selecione as notas que deseja importar.

Depois disso selecione as notas que deseja importar, podendo inclusive usar a pesquisa do lado direito da tela.

 

Clique em “Processar Importação”.

Após isso a tela de “Acerto de Informações da Nota Fiscal Eletrônica (NFe / NFCe) Importada” aparecerá, e nela deve ser feito o acerto das informações dessa nota que está importando para o sistema.

Nessa tela primeiro temos que marcar ou não as três opções, de “Considerar o grupo (...) e tentar utilizar o mesmo código para todos os itens (10 primeiras posições do código)”, esta opção deve ser marcada quando quiser considerar um grupo para todos os itens dessa nota e para utilizar o mesmo código do produto que está no XML em cada item, a segunda opção é de “Copiar informações de origem, CST/CSOSN ICMS, CST PIS, CST COFINS, CST IPI, Enq IPI, CFOP Cupom do primeiro item para os demais itens”, nesta opção marcando ela e preenchendo as informações no primeiro item, vai automaticamente copiar as informações de origem, CST/CSOSN ICMS, CST PIS, CST COFINS, CST IPI, Enquadramento IPI e CFOP Cupom para os demais itens, e a terceira opção, de “’Copiar valor de venda do primeiro item para os demais itens” marcando essa opção e preenchendo o valor de venda do primeiro item, vai copiar esse mesmo valor para os demais itens.

Depois disso temos os “Dados do produto no XML” que mostra as informações do XML e os “Dados do produto no NotaJá” que mostra como ficarão as informações no NotaJá.

Nos “Dados do produto no XML” temos as informações de: Código, Descrição, CST /CSOSN ICMS , Unidade de Medida, Valor de Compra e CFOP.

Depois disso devemos informar os “Dados do produto no NotaJá”, primeiro devemos informar o Grupo do Produto e o Produto, podendo digitar o código do grupo e código do produto, ou clicar no ícone do “Binóculo” para pesquisar.

Em seguida devemos informar a “Descrição”, caso o campo já esteja preenchido pode ser alterado clicando sobre ele e digitando o que desejar.

Os próximos a serem informados são a “Origem”, “CST / CSOSN ICMS”, “CST PIS”, “CST COFINS”, CST IPI” e “Enquadramento Legal IPI” nesses campos o que aparece antes da edição, é o que está informado no XML, podendo ser alterado.

E por fim os campos de “Unidade de Medida”, Valor de Venda” e “CFOP p/ Cupom” esses campos podem ser comparados com os do XML informados acima na tela.

Com isso encerra a edição do primeiro item, devendo clicar em “Salvar Item e Ir para o Próximo” em azul.

Caso tenha mais de um item na nota que esta importando, ao clicar em “Salvar Item e Ir para o Próximo”, já irá para o segundo item automaticamente, podendo verificar qual item está editando, na parte de cima da tela.

Após fazer o preenchimento de todos os itens, basta clicar em “Confirmar Acerto” em verde.

Com isso, após o processamento, aparecerá uma mensagem em tela de: “Importação Concluída!”

O que você achou deste artigo?
Últimos artigos visitados